Boletim de rumores de negociações da NBA (25/01/2022)

Pistons recusa oferta de troca do Jazz por Jerami Grant 

O Los Angeles Lakers, para começar, não foi a única equipe a ter proposta recusada por Jerami Grant nos últimos dias. Outro time importante do Oeste, na verdade, ouviu um “não” de executivos do Detroit Pistons durante tentativa de adquirir o atleta. De acordo com Marc Stein, da plataforma Substack, a equipe do Michigan não exibiu interesse em negociar o ala por Joe Ingles e uma escolha de primeira rodada de draft.

O veterano australiano possui contrato expirante de US$13 milhões, enquanto a seleção de recrutamento estaria no fim da primeira rodada. É esperado, assim, que a direção do Michigan receba melhores propostas até a trade deadline. Afinal, cerca de dez franquias teriam interesse na aquisição do reforço. Grant acumula médias de 20.1 pontos e 4.8 rebotes em 24 partidas disputadas na atual temporada.

 

 

Richaun Holmes é mais um jogador “negociável” no Kings 

O Sacramento Kings soa planejar uma reformulação em seu elenco a partir das próximas semanas. Por isso, a cada dia, rumores indicam que novos jogadores do time tornam-se disponíveis para negociação. A mais nova (e surpreendente) adição à lista seria Richaun Holmes. Segundo James Ham, do site Kings Beat, o pivô também estaria sendo disponibilizado para trocas pela franquia.

O jogador de 28 junta-se, dessa maneira, a atletas como Harrison Barnes e Buddy Hield entre os “negociáveis” do elenco. Ele é um caso especial, no entanto, porque acaba de assinar uma extensão contratual de US$46 milhões por quatro temporadas. Na atual campanha, Holmes anota 12.4 pontos e 8.2 rebotes por partida.

   

Nets continua estudando valor de mercado de Nic Claxton

Não há garantias, realmente, de que Nicolas Claxton estará no elenco do Brooklyn Nets depois da trade deadline. De acordo com Brian Windhorst, da ESPN, o time intensificou os seus esforços para explorar o mercado com o jovem pivô. Uma troca, porém, não seria vista como algo iminente pelos lados nova-iorquinos.

A notícia, aliás, não é necessariamente uma surpresa. Especula-se, desde o começo da temporada, que a franquia analisa cenários de transação com o atleta para qualquer eventualidade. Além disso, Claxton será agente livre restrito ao fim da temporada e o Nets não teria convicção em cobrir altas propostas de eventuais interessados.

  

Disponível em Houston, Christian Wood interessa ao Heat

Christian Wood está disponível para trocas no Houston Rockets, mas ainda não parece atrair tanta atenção no mercado. Uma equipe, no entanto, estaria com os olhos muito abertos para a possibilidade de trazer o talentoso ala-pivô. Segundo Kelly Iko, do site The Athletic, o Miami Heat tem sido um persistente consultor da disponibilidade do pontuador junto aos texanos.

Mas, por enquanto, a tendência é que uma troca não saia agora. Iko apurou que o time de Houston busca uma proposta fora de realidade para negociar um de seus principais jogadores. A expectativa é que ele esteja bem mais disponível, por fim, na offseason. Então, a franquia da Flórida deve ter mais chances de viabilizar uma negociação dentro de alguns meses.

Wood foi titular em 43 dos 44 jogos que disputou pelo Rockets nessa temporada. Ele fica em quadra por quase 31 minutos por partida e, como resultado, acumula médias de 17.5 pontos e 10.3 rebotes.

   

  

Em transição

– Cassius Stanley tem ótimas chances, certamente, de ficar no elenco do Pistons até o término da temporada. O ala assinou o terceiro contrato consecutivo de dez dias com a equipe e, por isso, deve ser contratado em definitivo em breve.

– Não é só Christian Wood quem mobiliza os bastidores do Rockets. David Nwaba, por exemplo, também está trazendo contatos para os dirigentes texanos como alvo de interesse de outros times. Houston, porém, gosta bastante do ala-armador.

– O pivô Meyers Leonard não está em atividade na NBA, mas apenas por uma questão física. Ou, pelo menos, isso é o que o próprio jogador garante. Ele revelou ter recebido contatos e estar em comunicação com múltiplas franquias recentemente.

– Por fim, você lembra de Thon Maker? Pois é, ele é mais um jogador que vai tentar o retorno à NBA por meio da G-League. O pivô de 24 anos teve seus direitos adquiridos pelo Long Island Nets para atuar na liga de desenvolvimento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.